Nem uma a menos

Tela feita em 2019 em conexão com o movimento feminista argentino Ni Una Menos, que luta contra a violência de gênero. Naquele ano, o Brasil teve um aumento de 7,3% nos casos de feminicídio em comparação com 2018, registrando 1.314 mulheres mortas pelo fato de serem mulheres – uma a cada 7 horas, em média.

autoria

Vem pra Luta Amada

Data

2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

violência, lesbo/trans/feminicídio

Tipo

tela de serigrafia

Descritivo

Tela de serigrafia recortada manualmente / 40 x 50 cm

Direito autoral