Placa Slam das Minas RJ

Placa comemorativa de dois anos de criação do Slam das Minas RJ. “Slam das Minas é uma batalha de poesia que acontece desde maio de 2017 em espaços públicos do Estado do Rio de Janeiro, de forma itinerante e mensal. Organizado por Carol Dall Farra, Débora Ambrósia, Gênesis, Letícia Brito, Lian Tai, Rejane Barcellos, DJ Bieta e Andrea Bak. Reunidas, mulheres de diversas localidades na busca de um espaço seguro e livre de opressões para desenvolvimento da potência artística de mulheres [héteras, lésbicas, bis e trans], pessoas queer, agender, não bináries e homens trans. Optou-se pela ocupação da rua para acabar com a invisibilidade dessas pessoas e para estimular os encontros e afetos. Com participação de poetas, musicistas, performers e transeuntes, o microfone aberto para o empoderamento”.

autoria

Slam das Minas-RJ

Data

Maio de 2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

democracia, direitos, LGBTQIA+

Tipo

placa

Descritivo

Impressão sobre papel plastificado / 15 x 30 cm

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Estandarte Xerecanto

Estandarte criado por Gênesis, do Slam das Minas RJ, para o desfile do bloco Xerecanto no Carnaval 2019, no bar do Molejão, no Morro do Pinto (Rio de Janeiro).

autoria

Slam das Minas-RJ, Gênesis

Data

2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

sexualidade, sororidade, LGBTQIA+

Tipo

estandarte

Descritivo

Tecidos aplicados em cabo de madeira e bambolê

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Imã “Respeita as minas, as manas e as monas”

Um dos ímãs produzidos pelo Slam das Minas-RJ em 2018 para a venda com versos de suas integrantes. Gênesis escreveu: “Respeita as minas, as manas e as monas ou eu boto minha boca no mundo, acabo com tua arrogância em três lances, ou melhor 180”.

autoria

Gênesis

Data

2018

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

violência, sororidade, LGBTQIA+

Tipo

ímã

Descritivo

Impressão sobre papel magnético brilhante / 5 x 4 cm

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Diário Poético de uma Lésbica

Zine adquirido por Camila Puni diretamente com a autora num café da Lapa, Rio de Janeiro. Aline Miranda (Lilix @outrasbagatelas ) é uma das mais importantes ativistas lésbicas sapatão do Brasil. Lilix possui intensa produção literária em zines datilografados desde 2015 e também o livro de poesias “Néctar 44”.

autoria

Aline Miranda

Data

2019

Data de luta

8 de Março - Dia Internacional da Mulher

Local

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Tema

feminismo

Tipo

zine

Descritivo

Datilografia e costura manual / A6

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Faixa revolução LGBTQIA+

Moradores e moradoras da Casa Nem seguram a faixa na qual está escrito “As bi, os gays, transvestis, intersexo, não-bináries e sapatão tão tudo organizade pra fazer a revolução com putes”.

autoria

Casa Nem

Data

2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

revolução, LGBTQIA+, diversidade

Tipo

faixa

Descritivo

Impressão sobre lona / 7,0 x 1,5 m

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Cardume zine

Zine adquirido na banca de zines do coletivo cardume na feira de publicações independentes Hamburguer no bairro botafogo, Rio de Janeiro. A primeira vista a pesquisadora e zineira Camila Puni não identificou esta peça como zine, embora fosse assim denominado, o que levou a desconstrução de paradigmas que colocavam limites entre punk e design.

autoria

Coletivo Cardume

Data

2016

Local

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Tema

feminismo

Tipo

zine

Descritivo

Tecidos, costuras, papel vegetal, impressão laser colorida / A5

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Megafone Casa Nem

Instrumento de luta usada por ativistas da Casa Nem desde pelo menos a Marcha das Vadias de 2013. Megafone tem um adesivo da bota amarela com gelo, símbolo do “Isoporzinho das Sapatão” (evento criado por e para mulheres lésbicas e bissexuais, cis e trans), e um adesivo no qual se lê “O brilho dessa cidade sou eu!”.

autoria

Casa Nem

Data

2013

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

democracia, LGBTQIA+, direitos

Tipo

megafone

Descritivo

Megafone cinza com adesivos

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Bolsa “Gender Outlaw”

Item doado pela Ong britânica “Gendered Intelligence” à Casa Nem durante a realização do Festival Transarte de 2019. “Gender Outlaw” é o livro escrito por Kate Bornstein.

autoria

Casa Nem

Data

2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

gênero, LGBTQIA+, diversidade

Tipo

ecobag

Descritivo

Impressão com tinta branca sobre tecido preto

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Camiseta revolução cuir

Vestimenta integra a coleção “Tijeras”, marca de roupas e acessórios criada em 2016 para ajudar a financiar o “Prepara Nem”. Wescla Vasconcelos posa com a camisa na qual se lê o lema: “As bi, as gay, as trans e as sapatão, tão tudo organizade pra fazer revolução com as putas”.

autoria

Casa Nem

Data

2016

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

diversidade, LGBTQIA+, revolução

Tipo

roupa

Descritivo

Tintura azul e branca sobre camisa de algodão vermelha tamanho M

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Ecobag “casa nem casa viva”

Item foi feito a partir de aulas de serigrafia na Casa Nem. Acessório fez parte da coleção “Tijeras”, marca de vestimentas e utensílios produzidos pela entidade para a venda

autoria

Casa Nem

Data

2016

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

sexualidade, LGBTQIA+, gênero

Tipo

ecobag

Descritivo

Tinta preta impressa em ecobag de algodão cru / 36x36 cm

Direito autoral

Todos os direitos reservados