Semeadoras históricas, semente

Em diversas situações nas quais há homenagens ou menções à Marielle Franco ou à violações de direitos humanos, especialmente de mulheres, LGBTQIA+, e do povo negro, a placa está presente. A Rua Marielle Franco virou um ícone antifa, um caminho a ser percorrido. Neste registro histórico, Conceição Evaristo, Angela Davis e Benedita da Silva, figuras emblemáticas das lutas das mulheres negras, seguram a placa em homenagem a Marielle Franco. #respeito

autoria

Mídia Ninja

Data

2018

Local

Brasil

Tema

lesbo/trans/feminicídio, violência, racismo

Tipo

foto/registro

Descritivo

Fotografia digital

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Bandeirão LGBTQIA+ da placa Rua Marielle Franco

Para a parada LGBTQIA+ de 2019, no Rio de Janeiro, Ana Archis idealizou e produziu, com a colaboração financeira de amigos e artistas como Camila Pitanga, Guta Stresser, Letrux e Rodrigo Penna, um bandeirão da placa Rua Marielle Franco. A bandeira foi esticada em frente ao carro Lésbico, que estava homenageando Marielle Franco e contava com a presença da Mônica Benício.

autoria

Ana Archis

Data

22 de Setembro de 2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

lesbo/trans/feminicídio, racismo, violência

Tipo

bandeira

Descritivo

Impressão sobre tecido / 5 x 10m

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Placa Rua Marielle Franco, versão LGBTQIA+

A versão arco-íris da placa já havia sido criada, reafirmando Marielle Franco como uma defensora das bandeiras e direitos LGBTQIA+, mas só repercutiu durante a Parada de Copacabana de 2019.

autoria

Ana Archis

Data

22 de Setembro de 2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

racismo, violência, lesbo/trans/feminicídio

Tipo

placa

Descritivo

Placa feita em adesivo vinílico colado sobre acrílico / 24 x 48 cm

Direito autoral

365 placas Rua Marielle Franco em Brasília

No marco de um ano do assassinato de Marielle, foram distribuídas 365 placas da Rua Marielle Franco na Praça Zumbi dos Palmares, em Brasília.

autoria

Coletiva

Data

14 de Março de 2019

Data de luta

14 de março - Dia de Luta por Justiça por Marielle Franco

Local

Brasília, DF, Brasil

Tema

racismo, lesbo/trans/feminicídio, violência

Tipo

ação

Descritivo

Ação de distribuição de placas

Direito autoral

Marias, Mahins, Marielles: placa Rua Marielle Franco versão Mangueira

Após a vitória da Mangueira em 2019 com o samba enredo que homenageava Marielle Franco, Ana Archis fez uma versão comemorativa da placa em verde e rosa, que também foi disponibilizada a preço de custo pelo Sidnei Balbino, tendo sido vendida nas arquibancadas durante o desfile das campeãs e distribuída pela Mônica Benício para alguns integrantes da Escola antes do desfile.

autoria

Ana Archis

Data

9 de Março de 2019

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

lesbo/trans/feminicídio, racismo, violência

Tipo

placa

Descritivo

Adesivo vinílico colado em placa de acrílico / 24 x 48 cm

Direito autoral