Grafite “Amanhecer das Minas por Marielle e Anderson”

No dia 14 de abril de 2018, um mês após o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, a Rede Nami apoiou a intervenção artística de Bordô, Biela e Tom Grito para o “Amanhecer das Minas por Marielle e Anderson“. Foi realizada grafitagem na Pracinha da Marquês, entre o Morro da Providência e Morro do Pinto, embaixo do viaduto São Pedro São Paulo, na Zona Portuária do Rio de Janeiro.

autoria

Tom Grito, Biela, Bordô, Rede NAMI

Data

14 de Abril de 2018

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

justiça, diversidade, democracia

Tipo

grafite

Descritivo

Tinta spray sobre parede de concreto / 350 x 400 cm

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Mais espaços seguros para mulheres negras

Este grafite, localizado na Rua Santa Cristina, em Santa Teresa (Rio de Janeiro) é parte do projeto “Memória guerreira não se apaga”, que utiliza as ruas como espaço de mídia alternativa para a preservação da memória das lutas das mulheres, e foi feito em colaboração com o movimento “Enegrecer a política”.

autoria

Memória guerreira não se apaga

Data

2020

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

racismo, feminismo, desigualdade

Tipo

grafite

Descritivo

grafite sobre parede / 145 x 55cm

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Por mais mulheres negras em espaços de decisão

Este grafite, localizado na Rua Santa Cristina, em Santa Teresa (Rio de Janeiro) é parte do projeto “Memória guerreira não se apaga”, que utiliza as ruas como espaço de mídia alternativa para a preservação da memória das lutas das mulheres, e foi feito em colaboração com o movimento “Enegrecer a política”.

autoria

Memória guerreira não se apaga

Data

2020

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

racismo, feminismo, desigualdade

Tipo

grafite

Descritivo

Grafite sobre parede / 150 x 58cm

Direito autoral

Todos os direitos reservados