Companhia de Gênero

Companhia de gênero é uma performance interativa de duração e existência indeterminadas criada pela artista Maya Inbar em 2018. É também um serviço remunerado de conversa educativa para homens cis que desejam melhorar a sua relação com as mulheres, com o feminismo e com os seus próprios sentimentos, promovendo a educação contra o sexismo através do diálogo. O formato principal do projeto prevê encontros individuais e sigilosos entre a artista e o contratante, com duração mínima de trinta minutos, mas a performance já foi realizada em dois formatos-desdobramentos: Companhia de Gênero – rapidinhas (sessões curtas e individuais entre 5 e 15 minutos) e Companhia de Gênero – grupal (roda de conversa aberta a todos os gêneros, gratuita). Há poucos registros da performance justamente por seu caráter privado. O experimento surge do entendimento de que tais conversas são constantemente requisitadas por homens cis sem que elas sejam necessariamente a escolha de mulheres. Companhia de gênero busca reivindicar o reconhecimento dessa conversa – quando conduzida por pessoas que não cishomens – como trabalho a ser remunerado, e reconfigurar os desejos e interesses por uma sociedade mais igualitária numa perspectiva de gênero. Maya Inbar é mulher cis branca, educadora, artista visual, ativista, e busca cada vez mais contracolonizar seu estar no mundo. Sua prática artística tem se voltado à micropolítica das relações e às interseções entre gênero, intimidade e economia.

autoria

Maya Inbar

Data

2018

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

feminismo, gênero

Tipo

performance

Descritivo

Performance interativa, duração variável

Direito autoral

Todos os direitos reservados

Performance “Um violador no teu caminho”

O dia 8 de Março de 2020 caiu num domingo e na assembleia de construção do Rio de Janeiro foi decidido que o ato seria realizado no dia 9 de março, segunda-feira. Para não deixar o dia 8 de março passar em branco na cidade, algumas organizações planejaram eventos. Uma destas ações foi a realização da performance “Um violador no teu caminho”, na praça Mauá, coordenada pelo movimento Nossa Hora de Legalizar o Aborto RJ. A performance “Un Violador En Tu Camino” foi criada pelo coletivo feminista chileno Las Tesis em 2019 e desde então foi reproduzida, recriada e adaptada inúmeras vezes em diversos países Latino Americanos.

autoria

Las Tesis, Nossa Hora de Legalizar o Aborto

Data

08 de Março de 2020

Data de luta

8 de Março - Dia Internacional da Mulher

Local

Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Tema

direitos, violência, feminismo

Tipo

performance

Descritivo

Performance

Direito autoral

Todos os direitos reservados